Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

Como destacar suas experiências pessoais no currículo

Consultora sugere relacionar as vivências com os objetivos da vaga pleiteada

Rachel Sciré |

Contar uma experiência pessoal na hora de escrever um currículo, ou mesmo durante entrevistas, é uma prática comum. Esse tipo de descrição costuma ser exigido em processos seletivos ou cadastros de estagiários e trainees, já que eles não têm muitas experiências profissionais para contar.  Mas a solicitação pode aparecer, também, em processos seletivos para outros cargos.

E o que se deve destacar nessa hora? De acordo com a consultora do Instituto de Organização Racional do Trabalho (Idort/SP) Cida Bucater, a intenção do recrutador, normalmente, é de conhecer o comportamento do candidato diante de um acontecimento em que ele teve que lidar com dificuldades e se superar.

Esse tipo de apresentação também permite revelar aspectos mais humanos dos candidatos. De qualquer forma, é preciso que a experiência escolhida agregue algo aos objetivos da empresa em que se está tentando a oportunidade, lembra.

Narrar a ocasião de maneira objetiva e sucinta é um aspecto indispensável, diz a consultora. Deixe claro o que você aprendeu, que tipo de ganho teve e tente sempre relacionar isso com o projeto da companhia ou à sua área profissional. 

Outra dica é: Evite o auto-elogio. Em vez disso, descreva uma situação que mostre a característica que pretende destacar.

Por exemplo, o candidato não deve apenas dizer que é organizado e, sim, narrar a experiência que teve ao arrumar a biblioteca da escola. Participação em projetos voluntários ou acadêmicos, viagens de intercâmbio e vivências técnicas na área profissional são bons temas para preencher esse campo do cadastro, sugere a consultora.

Leia tudo sobre: currículosig empregos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG