Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

Como conter os impulsos consumistas

Professor do Ibmec-SP, Liao Yu Chieh, dá dicas para fazer um planejamento mensal

Isis Coelho |

Controlar as finanças pessoais pode ser um desafio para muitas pessoas. Prova disso são os altos índices de inadimplência apresentados pelo Serasa, uma das maiores empresas do mundo em análises e informações de crédito e apoio a negócios. De acordo com o último levantamento feito pela instituição, entre julho de 2007 e julho de 2008, houve um aumento de quase 12% nessa taxa. Ou seja, muita gente anda comprando sem poder pagar.

De acordo com o professor de finanças do Ibmec São Paulo, Liao Yu Chieh, o mais difícil é conseguir controlar o impulso pelo consumo. A pessoa deve comprar de acordo com o padrão de vida que o salário lhe proporciona, afirma. Segundo o professor, a maioria das pessoas não consegue se desvencilhar da idéia do eu mereço para começar a poupar.

Para ajudar com o planejamento financeiro, Liao dá as seguintes dicas:

Pense no futuro
A pessoa precisa gerenciar seu dinheiro e aplicar uma quantia do que recebe para garantir suporte em situações emergenciais, explica o professor. Segundo ele, não existe um valor mínimo ou máximo recomendado. A pessoa terá que analisar o quanto pode direcionar para uma poupança, e esquecer que tem esse dinheiro, diz Liao. Quanto mais puder guardar, melhor, completa.

Controle seus gastos
Poucas pessoas têm idéia do quanto gastam com coisas supérfluas, diz Liao. E para evitar despendimentos desnecessários, o ideal é realizar um controle por meio de planilhas ou até mesmo anotando as somas no bom e velho caderninho. Ao mapear as despesas, as pessoas podem rever o orçamento do mês e realizar pequenos ajustes quando necessário, explica.

Leia tudo sobre: controlefinan¿as pessoaisgastosimpulso

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG