Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

Como atrair um headhunter

Dicas para fazer seu currículo chegar às mãos certas

Rachel Sciré |

Receber um telefonema de um headhunter pode ser o desejo de muitos profissionais, mas para que isso aconteça é indispensável atrair a atenção dos selecionadores. É preciso saber se divulgar, diz Danilo Castro, gerente executivo Page Personnel, empresa do grupo Michael Page que atua no recrutamento de profissionais de suporte a gestão.

Eu recebo muitos currículos todos os dias, olho apenas alguns, complementa Renato Furtado, diretor executivo Russell Reynolds, consultoria de recrutamento de executivos de alto nível. A seguir, os especialistas dão algumas dicas para quem quer se sobressair diante dos headhunters.

Divulgação pessoal
Seu nome é uma marca no mercado. As pessoas precisam saber que você está disponível, afirma Castro. Ele destaca a importância do bate-papo com outros profissionais que estão bem colocados. Além de encaminhar para oportunidades que surgirem, é provável que essas pessoas já tenham participado de processos seletivos com consultorias que podem receber seu currículo, diz.

Uso do caminho indireto
Apenas pegar o contato de selecionadores com um amigo não é o mais adequado, explica Furtado. O ideal é chegar ao headhunter indicado por alguém que conheça a seu respeito. Para isso, o diretor da Russell Reynolds sugere que o profissional peça para colegas fazerem recomendações ou intermediarem a apresentação. Um e-mail com cópia pode ser boa solução, explica Furtado. As chances de escolher uma pessoa ou o olhar o e-mail de um conhecido são sempre maiores.

Planejamento de carreira
O planejamento de carreira é uma avaliação contínua que qualquer profissional deve fazer, dizem os especialistas. Quem deseja mudar de emprego, porém, precisa estar ainda mais atento a isso. No próprio currículo, você já percebe se o profissional tem um direcionamento na carreira, avalia Castro.

Antes de enviar o currículo ou entrar em contato com o headhunter o profissional precisa fazer o 'dever de casa', diz Furtado. Isso significa pesquisar sobre o setor, a empresa e os profissionais da área que pretende atuar. Segundo ele, algumas pessoas não se preparam e desperdiçam a chance ao falar com o headhunter. Vale a pena enxergar o contato com o selecionador dentro de um contexto maior, já que ele pode ficar de olho em você para diversas posições, lembra Furtado. 

Envio do currículo
Caso não conheça ninguém para fazer o primeiro contato, o jeito é enviar um e-mail se apresentando. Essa abordagem tem que ser muito bem planejada, afirma Furtado. Segundo os especialistas, o ponto principal envolve a comunicação. É necessário dizer de maneira clara quem você é, quais projetos participou e os resultados alcançados ao longo da carreira, diz Castro (veja outras dicas no Especial Currículos).

Busque a ajuda certa
O profissional deve ter noção de qual é o momento da carreira em que está e qual headhunter diz respeito à vaga procurada. Não recomendo que ninguém fique distribuindo currículo a torto e a direito. Dessa maneira a pessoa demonstra que não tem foco, diz Furtado.

O diretor da Russell Reynolds, por exemplo, trabalha com o posicionamento de executivos de alto nível na área financeira. Quando eu apresento um candidato para o cliente é porque ele é absolutamente compatível com o projeto daquela empresa.
 
Os especialistas recomendam se aconselhar com outros profissionais que já passaram por uma mudança de emprego e buscar empresas de consultoria confiáveis, que atrairão boas oportunidades. O headhunter será uma pessoa para quem será possível pedir dicas do mercado, conselhos para gerir a carreira ou negociar propostas, informa Castro.

Leia tudo sobre: atraentecurrículosheadhunterig empregosprofissionalvaga

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG