Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

Como alimentar seu networking com sucesso

Contatos devem ser separados em pessoal, operacional e estratégico, dizem professores

Maria Carolina Nomura, iG São Paulo |

Ninguém mais duvida de que o networking é uma ferramenta importante na carreira. Como administrá-la, cultivá-la e usufruí-la, contudo, ainda é um desafio para grande parte dos profissionais.

Com o objetivo de tornar essa rede mais útil, especialmente para os líderes, os professores Mark Hunter e Herminia Ibarra, do Insead – The Business School for the World, na França, identificaram três formas distintas de fazer contatos: operacional, pessoal e estratégica.

Danilo Chamas / Fotomontagem iG sobre SXC
Começar com um inventário dos contatos, amigos e colegas é uma boa dica para quem quer fazer um networking eficiente
Os contatos operacionais são os colegas de trabalho, clientes e fornecedores; a rede pessoal é composta por antigos colegas, amigos e familiares; e os contatos estratégicos incluem relacionamentos com pessoas de fora de sua imediata esfera de controle.

“O desafio é alavancar esses relacionamentos para atingir seus objetivos. Os contatos estratégicos utilizam sua influência indireta para convencer uma pessoa de dentro de sua rede de contatos a fazer com que alguém que não está em sua rede tome uma determinada atitude”, explicam Herminia e Hunter.

Dar um “alô”

André Massaro, consultor de finanças e criador do programa integrado de desenvolvimento financeiro MoneyFit, diz que uma boa dica para pessoas que querem fazer um networking eficiente é começar com um inventário dos contatos, amigos e colegas.

“Antes de procurar conhecer novas pessoas, é interessante fazer algo com o que já temos à mão. Há quanto tempo você não dá um ‘alô’ para seus contatos? Ligar de vez em quando ou mandar um e-mail pessoal é uma medida muito salutar. Melhor ainda quando não pedimos nada em troca ou insinuamos alguma intenção oculta”, comenta Massaro.

Eventos

Se a lista de contatos do profissional for muito pequena, o consultor aconselha a investir um pouco de tempo para conhecer novas pessoas. Frequentar eventos de interesse de profissionais de sua área, cursos ou mesmo eventos sociais são algumas alternativas.

“É bom estar sempre munido de cartões de visita. Mesmo se não trabalha em alguma empresa no momento, ter um cartão com deus dados, e-mail e telefone é uma medida interessante. A gente nunca sabe de onde um negócio pode sair”, explica a consultora de carreira Juliana Mello.

Última hora

“Deixar para fazer sua rede de contatos quando se está na pior é contraproducente. Geralmente, quem está na posição de querer algo e não contribuir com nada em troca acabará ingressando em redes sociais de baixo nível. Comece a fazer sua rede de contatos e, principalmente, a cultivá-la agora. Não espere o momento em que vai precisar dela”, recomenda Massaro.
 

Leia tudo sobre: networkingempregocarreiracontatos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG