Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

Comércio no RJ pretende contratar mais temporários até dezembro

Levantamento da Fecomércio mostra que 85,6% dos lojistas cogitam efetivar funcionários

Redação iG Empregos |

São Paulo - Um pesquisa feita pela Federação do Comércio do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ) em 1.823 estabelecimentos da região metropolitana do Rio de Janeiro revela que 33,6% das lojas pretendem contratar pelo menos um profissional para o período de fim de ano. Desse universo, 90,2% informaram que ao aumento do quadro acontecerá entre novembro e dezembro.

O levantamento foi realizado entre os dias 1° e 10 de outubro. A remuneração média prevista é de R$ 670,20, 15% acima da praticada no ano passado. Entre os entrevistados, mais da metade (52,3%) afirmou que quer manter o trabalhador temporário em sua folha de pagamentos pelo menos até janeiro do ano que vem. Em 2007, esse percentual era menor (48,5%).

Para os que esperam ser efetivados no estabelecimento, a perspectiva é boa: 85,6% dos empresários disseram que as chances são grandes e a intenção é de contratar cinco novos funcionários, em média. De acordo com Orlando Diniz, presidente da Fecomércio-RJ, este ano o comércio de bens, serviços e turismo vai contratar 2,5 mil funcionários a mais do que em 2007, mesmo com a crise internacional.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG