Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

Certificação ITIL permite salto a profissionais de TI

Cursos oferecidos pela PUC-SP e Universidade Estácio de Sá (RJ) levam candidatos a obter o título do instituto holandês Exin

Andrea Giardino |

A certificação ITIL (do inglês IT Infrastructure Library, conjunto de melhores práticas em TI) tornou-se passaporte para quem quer dar um salto na carreira na área de tecnologia. Hoje, o profissional que tem esse canudo é bastante disputado pelas companhias, por enfrentarem escassez de gente qualificada, afirma Jedferson D Addario, coordenador dos cursos de ITIL da Impacta.

A empresa é credenciada pelo Exin - instituto holandês independente que realiza exames educacionais na área de tecnologia da informação - no Brasil para realizar as provas que darão o título ao candidato. Há cerca de sete meses, o Exin montou seu escritório no País. A notícia foi comemorada pelo mercado por se tratar de mais uma porta aberta aos profissionais brasileiros interessados em obter certificações internacionais, sobretudo na obtenção da ITIL, uma das mais cobiçadas na área de TI, agora com a prova traduzida para o português. Decidimos ter uma operação local de olho no aumento da demanda de profissionais querendo fazer os exames, afirma Luciana Abreu, gerente regional da Exin no Brasil. Até o fim de 2007, a organização havia certificado no mundo cerca de 350 mil pessoas. Enquanto por aqui, esse número é de 13 mil. Esperamos um crescimento de 25% este ano, prevê.

Entre as primeiras ações destaca-se a aliança feita com a HP. Parceria que levou às universidades Estácio de Sá, do Rio de Janeiro, e Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), o conteúdo da Exin para os cursos de pós-graduação, com duração de dois anos. A idéia é que os alunos não só conheçam mais sobre a tecnologia como fiquem aptos a realizar as provas, feitas nos centros autorizados ¿ um deles é a Impacta ¿, com supervisão de um profissional credenciado pela Exin. 

Na Puc, a ITIL é uma disciplina do seu MBA chamado MBIS (Master Business Information Systems) que acontece no campus de Barueri. Enquanto na Estácio de Sá, foi incluída num MBA focado em governança. Em ambos os casos, os alunos terão condições de realizar a prova do ITIL Foundation, nível que certifica o profissional em conceitos básicos da ITIL.

Há ainda dois outros tipos de certificação ITIL: o Practitioner (nível intermediário) e o Service Manager (nível avançado). Os  preços dos cursos variam de R$ 1,6 mil a R$ 17 mil, um fator que acaba restringindo a busca pelo título máximo, o Service Manager, que é o mais caro.

Leia tudo sobre: ig empregosig empregos cursos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG