Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

As vantagens e desvantagens do home office

Modelo de trabalho em casa é adotado por muitas empresas para conter gastos e aumentar produtividade

Rachel Sciré |

No começo do ano, o consultor técnico Hugo Alves, 25 anos ¿ que atua em uma empresa de gestão fiscal e tributária ¿, participou de projeto para o desenvolvimento de um relatório mensal. Os prazos estavam apertados e a sede da empresa-cliente ficava em outra cidade.

Para resolver a questão, Alves propôs ao seu supervisor realizar o trabalho em esquema de home office, já que não existia a necessidade de trabalhar no escritório e seu deslocamento sairia mais caro. Chegamos a um consenso de que economizaríamos nas despesas com viagem, hospedagem e refeição, conta. Resultado: durante duas semanas, o consultor desenvolveu suas atividades sem sair de casa.

Exemplos de funcionários que realizam suas tarefas de casa, como Alves, são cada vez mais comuns. De acordo com uma pesquisa realizada pelo instituto Market Analysis com 345 funcionários e proprietários de empresas, um em cada quatro brasileiros trabalha remotamente. E as pequenas e micro empresas são pioneiras na adoção desse modelo.  


Tabu ¿ A opção pelo home office, no entanto, às vezes esbarra nas políticas de segurança das empresas ou em questões culturais. Há clientes que entendem que estar presente é sinal de produtividade, avalia Alves.

Este, aliás, é o principal tabu para a adoção do home office, segundo aponta Tais Amaral, consultora de recursos humanos da Cia de Talentos. Na sua opinião, o modelo é válido quando o material de trabalho pode ficar disponível em casa e as tarefas dependem apenas do funcionário. É o caso de analistas de informática, consultores, acadêmicos e jornalistas, exemplifica.

Segundo Tais, a principal vantagem desse modelo para as empresas é a contenção de gastos. A flexibilidade de horário pode transformar-se em produtividade, diz Tais.

Problemas ¿ Trabalhar sem sair de casa pode parecer vantagem, mas é preciso estar atento para os pontos negativos. Tais destaca que os principais problemas enfrentados por quem atua no esquema home office estão relacionados à administração do tempo. Os riscos podem ser tanto trabalhar em excesso, além das horas que passaria no escritório, quanto se distrair e não cumprir os prazos, diz.

Para tanto, organização e comprometimento são aspectos fundamentais. É preciso criar uma nova rotina dentro de casa, estabelecer limites e não trabalhar fora do período que seria gasto no horário comercial, afirma Tais. 

Embora a consultora acredite que as interrupções em casa sejam menores, ela alerta para a necessidade de tomar cuidado com as distrações. Em casa, o ambiente é mais confortável. Se não houver como se concentrar, o trabalho não rende mesmo, concorda Hugo Alves.

Um lugar tranquilo para trabalhar e algumas ferramentas básicas, como um computador que rode os programas da empresa, são imprescindíveis. Dependendo da companhia, os gastos com ligações ou materiais são reembolsados. Outras fornecem aparelhos celulares e laptops.

Leia mais:

Como montar um home office
O perfil de quem se dá bem em trabalhos de home office

Leia tudo sobre: ig empregosig empregos carreira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG