networking - Carreiras - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

Aprenda mais sobre o poder do networking

Especialistas em carreiras explicam o que fazer e como aumentar sua rede de contatos profissionais

Andrea Giardino |

Quem já não ouviu falar que o networking é essencial para sua arrancada na carreira? Ninguém tem dúvidas sobre sua importância, no entanto, o que muitos ainda desconhecem é a forma como construir uma rede de relacionamento profissional. Por vários anos falava-se que, para ter uma chance em uma empresa, a pessoa precisava de um Q.I.(Quem Indicou).

E a palavra "networking" nada mais é do que uma nova maneira de dizer a mesma coisa. Ou seja, quanto maior for sua rede de contatos, melhores serão as possibilidades de se conseguir uma oportunidade. Mas é preciso ficar atento, alerta Michael Dulworth, Chief Executive Officer (CEO) da empresa americana de relacionamentos Executive Networks, em seu livro Networking, que acaba de ser lançado no Brasil pela editora Larousse.

Diferente do que as pessoas imaginam, o networking não está relacionado com amizade, explica o autor na obra. Este é um tipo de contato estritamente profissional. Para Dulworth, além de fundamentais, os relacionamentos são uma habilidade construída que atua a favor do desenvolvimento profissional. Principalmente porque há uma quantidade de vagas que nem chega a ser anunciada e são preenchidas por nomes indicados pelos próprios funcionários.

Na opinião de Flávia Portela, consultora da DBM Brasil, empresa especializada em transição de carreira e recolocação de executivos, saber usar bem o networking implica em identificar entre os inúmeros contatos, aqueles que podem trazer um retorno. Por isso, a necessidade de saber fazer a manutenção da sua rede de relacionamento, observa.

Manter contato com os ex-colegas da faculdade ou de trabalho pode ser um fator facilitador na hora de arrumar um emprego. Responder e-mails e retornar as ligações também são itens fundamentais. O networking é o maior patrimônio profissional que as pessoas têm. Esse é o principal canal para conseguir exposição no mercado e novas vagas, afirma Flávia. Se você deixa de responder um e-mail, pode gerar uma ruptura indesejada no relacionamento.

Por isso, a consultora ressalta que é preciso ter muita calma e paciência na hora de estruturar um networking. É como construir uma casa, primeiro vem o alicerce. O momento ideal para dar início é quando não se está desabrigado, diz.

Confira abaixo algumas dicas de como construir um bom networking:

  • Comece pelo caminho mais fácil, por meio de pessoas conhecidas, como os ex-colegas da faculdade. Muitos podem já ter progredido na carreira
  • Mantenha contato com antigos amigos de trabalho. Troque e-mails e convide-os para almoçar de vez em quando. Procure não cair no esquecimento. Assim, quando estiver procurando um novo emprego não precisará passar pelo constrangimento de ligar e ficar claro que está interessado em uma oportunidade
  •  Participe de grupos, associações e entidades que se reúnem periodicamente. Este é um caminho que pode ampliar sua rede de contatos
  • Freqüente  ambientes públicos onde pessoas possuem bom trânsito nas empresas, como seminários, feiras e eventos. Nesses locais, o assunto principal é sempre menos importante que o coffee break. Quem sabe você tenha a sorte de sentar ao lado de um headhunter?
  • Não cometa um dos erros mais comuns, o de pedir algo já no primeiro contato. Ações como essas podem dar a impressão de que você está querendo forçar uma situação e colocar sua estratégia por água abaixo

Leia tudo sobre: ig empregosig empregos carreira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG