SÃO PAULO - O Carrefour, segunda maior empresa varejista do mundo, verificou lucro com suas operações recorrentes de 750 milhões de euros no primeiro semestre deste ano, passando em 1,2% os 741 milhões de euros somados no calendário anterior.

As vendas foram de 38,845 bilhões de euros nos seis primeiros meses de 2007 para 41,948 bilhões de euros em intervalo equivalente deste exercício.

A varejista francesa confirmou seus objetivos para 2008, como de um crescimento das vendas de 7% a taxa de câmbio constante.

Aproveitando a comunicação, o Carrefour anunciou planos de cortar custos em 100 milhões de euros, que o executivo-chefe da empresa, José Luis Durán, não irá envolver enxugamento de pessoal.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.