SÃO PAULO - Após pouco mais de um ano no cargo, o ex-prefeito do Rio de Janeiro, Luiz Paulo Conde, não é mais presidente da estatal Furnas Centrais Elétricas. Ele pediu demissão durante reunião com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão.

Para sua cadeira foi indicado o engenheiro Carlos Nadalutti Filho, funcionário de carreira da empresa, cuja posse está marcada para o próximo dia 3 de outubro.

Recentemente, a diretoria de Furnas rejeitou a proposta de Conde para a substituição do presidente e do diretor-financeiro do Real Grandeza, fundo de pensão dos funcionários da estatal.

A empresa irá conceder uma coletiva de imprensa às 14h30 de hoje para esclarecer os motivos da saída de Conde.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.