Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Carga tributária de 2007 bate novo recorde e atinge 35,31%

SÃO PAULO - Considerando os dados revisados para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2007, a carga tributária foi de 34,79% naquele ano, informou na noite de hoje o Ministério da Fazenda. Este número se compara com a carga de 33,51% registrada em 2006.

Redação com Valor Online |

 

No início da tarde, a Super Receita, órgão subordinado ao Ministério, havia divulgado índice de 35,31% de carga tributária em 2007 e de 34,04% em 2006.

Dos R$ 903 bilhões arrecadados em 2007, R$ 632,6 milhões (24,72% do PIB) foram coletados pelo governo federal, R$ 231,1 milhões (9,03%) pelos Estados e R$ 39, 869 milhões (1,6%) pelos municípios. Enquanto em 2006 este número era, respectivamente, R$ 550,8 milhões (23,6%), R$ 208,9 (9%) e R$ 34,38 milhões (1,5%). O aumento da carga tributária se deu, principalmente, devido à arrecadação de impostos federais.

Segundo o Secretário-adjunto da Receita Federal do Brasil, Otacílio Dantas Cartaxo, o aumento da carga tributária foi puxado pelo imposto de renda de pessoa jurídica, pela contribuição social e pelo aumento da massa salarial, que veio a patamares elevados. Considero que esta é uma carga média em relação aos demais países em desenvolvimento, acrescentou,

Questionado sobre a perspectiva da carga tributária de 2008, Cartaxo afirmou que ainda não é possível fazer uma previsão. O ano ainda não foi encerrado e seria uma temeridade fazer qualquer prognóstico a respeito da matéria. O mês de novembro e dezembro são os meses finais e com a projeção de crise, são meses decisivos, ressaltou.

Recentemente, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revisou o crescimento do PIB no ano passado para 5,7%. Entretanto, os dados divulgados hoje incorporam a revisão do cálculo do PIB de março, que era de 5,4%.

A justificativa da receita para a não atualização dos valores é que uma nova metodologia está sendo introduzida. A receita vai introduzir uma nova metodologia de análise da carga tributaria e vai fazer uma adaptação e atualização desses números em breve, completou Cartaxo.

(Colaboração Carollina Andrade - Último Segundo/Santafé Idéias)

Leia tudo sobre: carga tributária

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG