Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Carga de energia cresce 2,7% no primeiro semestre

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou hoje que o crescimento da carga de energia no Sistema Interligado Nacional (SIN) no primeiro semestre de 2008 foi de 2,7% para 51,721 mil MW médios. O número é bem inferior ao crescimento do PIB no período, de 6%, compara o ONS, refletindo uma mudança de comportamento do consumidor brasileiro de energia.

Agência Estado |

No Boletim de Carga Semestral, divulgado hoje, o operador do sistema avalia que as causas para o descolamento são o aumento da autoprodução por grandes consumidores, o maior peso no PIB de setores menos intensivos em energia e a conscientização da população, "que tem sido corroborada pela compra de bens de consumo duráveis com maior eficiência energética, com destaque para aqueles identificados com o selo `Procel'".

Segundo o ONS, as baixas temperaturas durante o semestre também contribuíram para o crescimento menor no consumo de energia, assim como o elevado preço do insumo no mercado atacadista, o que levou alguns consumidores eletrointensivos a reduzir a atividade. A evolução da carga de energia foi maior nos submercados Norte (3,9%), Nordeste (3,6%) e Sul (3,5%). A carga, portanto, foi puxada para baixo pelo submercado Sudeste/Centro-Oeste, que teve crescimento de apenas 2,1%.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG