À venda no Brasil a partir de agosto, o utilitário-esportivo Chevrolet Captiva Sport terá algumas características diferentes da versão disponível no México - onde o modelo é produzido. Segundo fontes ligadas à montadora, o veículo terá detalhes exclusivos na dianteira.

O padrão de acabamento também mudará.

Aqui, o Captiva será vendido apenas com o mesmo motor 3.6 V6 utilizado no sedã australiano Omega. Porém, no "jipão" a potência foi reduzida para 247 cv. Haverá algumas opções de acabamento, no entanto. O preço deverá ficar em torno de R$ 120 mil e ele virá apenas com tração 4x2.

O Captiva Sport terá a função de preencher o espaço que já foi ocupado pela Blazer. O modelo nacional, baseado na picape S10, ainda é produzido pela Chevrolet, mas atualmente tem nos frotistas seu principal público-alvo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.