SÃO PAULO - As captações do mercado brasileiro de previdência privada somaram R$ 2,4 bilhões durante o mês de setembro deste ano, o que representa um crescimento de 23,2% ante o mesmo período de 2007, quando as operações ficaram em R$ 1,9 bilhão. Os números foram divulgados hoje pela Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (Fenaprevi).

De acordo com a entidade, que reúne 89 empresas do setor, o segmento VGBL liderou as captações do mês, com R$ 1,8 bilhão, alta de 28,4% sobre setembro do ano passado. O volume de contribuições para o PGBL avançou 8,1%, para R$ 328,3 milhões.

A Fenaprevi mostrou ainda que os planos feitos para menores receberam R$ 280,6 milhões em setembro, um salto de 75,2% em um ano. Já os individuais cresceram 15,9%, para R$ 1,8 bilhão.

Com isso, os recursos acumulados pelo sistema de previdência complementar chegaram ao montante total de R$ 135,8 bilhões em setembro, 20,6% mais do que no mesmo período de 2007, quando estavam em R$ 112,5 bilhões.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.