O saldo da captação de poupança no Brasil no ano passado somou R$ 17,573 bilhões, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pelo Banco Central (BC). O valor é 47% inferior ao captado em 2007, quando o saldo foi de dos R$ 33,379 bilhões, mas é alto na comparação com a captação dos últimos 13 anos.

Na série divulgada pelo BC, 2008 foi o ano com a segunda maior captação da poupança. A terceira maior captação aconteceu em 1997, de R$ 13,19 bilhões.

Arte/US

Dezembro foi o mês com a maior captação do ano, com R$ 5,388 bilhões. Mas na comparação com dezembro de 2007, o tombo foi grande: no ano anterior, a poupança teve um saldo de R$ 9,135 bilhões.

O relatório anual mostra que os depósitos somaram R$ 1,155 trilhão durante todo o ano de 2008. Por outro lado, os saques atingiram R$ 1,137 trilhão em 2008. Ao mesmo tempo, as contas existentes tiveram rendimento de R$ 17,424 bilhões.

Durante o ano passado, dois meses - abril e outubro - encerraram com captação líquida negativa, quando os saques superam os depósitos. Em 2007, nenhum mês havia registrado saldo negativo.

Em 2007, a captação da poupança - diferença entre os depósitos e os saques - fo recorde, segundo o BC. No ano anterior, o saldo havia sido bem menor, de R$ 6,472 bilhões.

Leia mais sobre poupança

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.