Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Caminhoneiros da Argentina suspendem greve

O sindicato dos caminhoneiros da Argentina suspendeu a greve nacional, marcada para a zero hora de hoje, e negocia com a petrolífera Repsol-YPF. A informação é do assessor de imprensa da Central Geral do Trabalho (CGT), Héctor López.

Agência Estado |

Os caminhoneiros se recusam a continuar trabalhando sob o sistema de vigilância por satélite, adotado nas unidades de transporte da companhia. Segundo o sindicato, o sistema funciona com bateria de alta tensão elétrica, o que colocaria em risco a vida dos caminhoneiros. Na semana passada, uma falha no sistema provocou um incêndio em um caminhão, seguido de explosão, na qual morreram dois motoristas.

Havia um receio de que a greve, a princípio de um dia, se estendesse, comprometendo o abastecimento de combustíveis na Argentina. A greve foi convocada pelo líder do sindicato, Pablo Moyano, filho do titular da CGT, Hugo Moyano, aliado do governo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG