Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Caminhada abre Fórum Social Mundial em Belém

BELÉM - Uma caminhada pelas ruas de Belém vai abrir o Fórum Social Mundial (FSM), que começa nesta segunda-feira e vai até domingo (1°) na capital paraense. Na abertura, uma cerimônia com atabaques africanos e cantos indígenas simbolizará a passagem entre a última edição centralizada do FSM em 2007, em Nairóbi (Quênia), e a atual, na Amazônia.

Agência Brasil |

A organização espera reunir 100 mil pessoas na caminhada. O percurso, de cerca de quatro quilômetros, parte do cais do porto, na Baía do Guajará, e inclui algumas das avenidas mais importantes e movimentadas de Belém até a Praça do Operário.

Parte das vias de acesso já está interditada e um palco foi montado no local. Durante o trajeto, movimentos sociais e organizações da sociedade civil deverão fazer protestos e manifestações, como a apresentação de uma bandeira palestina de mais de três metros em defesa dos civis da Faixa de Gaza, em conflito com Israel.

Partidos políticos, movimento sociais, entidades sindicalistas e estudantis e organizações ambientalistas também deverão levar suas bandeiras para a marcha. Deve chover na capital paraense. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê tempo nublado a encoberto, com pancadas de chuva, mas a temperatura deve atingir 30 graus à tarde.

A romaria dos movimentos sociais vai terminar em festa. De acordo com a organização, o palco vai receber apresentações culturais de diversas etnias indígenas do continente sul-americano. O policiamento vai ser reforçado por homens da Força Nacional de Segurança, que estão em Belém há mais de uma semana.

Até domingo, a organização do FSM espera reunir até 120 mil pessoas de 150 países. Estão previstas mais de 2,4 mil atividades nas universidades Federal do Pará (UFPA) e Federal Rural da Amazônia (Ufra), onde o fórum será realizado.

Leia tudo sobre: fórum social mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG