O chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Altamir Lopes, informou que a conta de viagens internacionais acumula em fevereiro, até hoje, um déficit de US$ 101 milhões, com receitas de US$ 317 milhões e despesas de US$ 418 milhões. Nessa conta, as receitas correspondem ao que os turistas estrangeiros gastam no Brasil e as despesas, ao que os brasileiros deixam no exterior.

Em janeiro deste ano, a conta de viagens teve saldo negativo de US$ 251 milhões, ante déficit de US$ 380 milhões em janeiro de 2008 e de US$ 101 milhões em dezembro. Altamir destacou que os menores déficits na conta de viagens refletem a combinação do câmbio desvalorizado (dólar em alta), que encarece as saídas para o exterior, com os impactos da crise na renda das pessoas, que diminui tanto os gastos de brasileiros lá fora como os de estrangeiros no Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.