Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Câmara dos EUA reprova venda de petróleo das reservas

A Câmara dos EUA rejeitou hoje um projeto de lei que obrigaria o governo americano a vender petróleo de suas reservas estratégicas. O projeto obteve 268 votos favoráveis e 157 contra, mas não alcançou os dois terços de aprovação que eram necessários de acordo com os procedimentos determinados pela presidente da Casa, a deputada Nancy Pelosi (Partido Democrata-Califórnia).

Agência Estado |

O procedimento de votação adotado por Pelosi impedia que o Partido Republicano, do presidente George W. Bush, apresentasse emendas ao projeto. Os republicanos pretendiam introduzir no projeto uma emenda que abriria os litorais da Flórida e da Califórnia à exploração de petróleo.

Faltando apenas oito dias até o começo do recesso parlamentar de verão, o Congresso dos EUA está paralisado no que se refere às iniciativas para o setor de petróleo. Na semana passada, divergências entre os partidos levaram ao bloqueio, também na Câmara, de um projeto que permitiria a exploração de petróleo em áreas do Alasca. No Senado, foram suspensas as negociações entre os dois partidos sobre um projeto de lei para combate à especulação com os preços do petróleo. E o debate sobre leis orçamentárias ficou paralisado por divergências sobre as regiões em que a exploração de petróleo poderia ser permitida.

Enquanto os republicanos defendem a abertura de novas regiões para exploração, os democratas insistem em medidas que fariam crescer o investimento em energia renovável, obrigariam as empresas a tornar-se mais eficientes no uso da energia e aumentariam a regulamentação do mercado, para conter a especulação. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG