A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou o procedimento para votar o pacote reformulado para socorrer o mercado financeiro. A Câmara votou por 223 a 205 para aprovar as normas sobre o debate do Ato de Estabilização Econômica de Emergência de 2008, que inclui US$ 152 bilhões em incentivos fiscais.

Este voto permitiu que a Câmara começasse o debate formal sobre o projeto, que deve dar ao Tesouro a autoridade para comprar até US$ 700 bilhões em hipotecas problemáticas e outros ativos por meio do Tarp (Troubled Asset Relief Program), ou programa de alívio de ativos problemáticos.

A Câmara deve votar o projeto de socorro por volta das 13 horas (de Brasília). Não serão permitidas emendas ao pacote.

A Câmara rejeitou uma versão do pacote na segunda-feira (dia 29) por 228 votos a 205, mas espera-se que o resultado de hoje seja favorável. A Câmara informou que vários deputados planejam mudar seus votos.

A presidente da Câmara, a democrata Nancy Pelosi (Califórnia), disse ontem que não levaria adiante a votação se não tivesse votos suficientes para aprovar o pacote. Uma moção preliminar permitindo que a Câmara vote a norma foi aprovada por 235 a 190 votos. As informações são da agência Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.