Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Câmara do Comércio afirma que Grã-Bretanha já entrou em recessão

A economia britânica já está em recessão, com a moral, os lucros e a atividade empresarial no chão, além de um forte aumento do desemprego, estimou nesta segunda-feira a Câmara de Comércio da Grã-Bretanha (British Chambers of Commerce, BCC).

AFP |

Em seu último relatório de conjuntura trimestral, a BCC afirma que a Grã-Bretanha está afundada em uma recessão "que se agrava", e faz um apelo ao governo e ao Banco da Inglaterra (Bank of England, BoE) por uma ação urgente com o objetivo de evitar uma recessão ainda "maior".

Segundo a última pesquisa da BCC com empresários britânicos, a expectativa de emprego é a mais baixa desde 1993, e o número de desempregados pode aumentar em 300.000 daqui a um ano ou dois, superando dois milhões de trabalhadores.

Além disso, os emrpesários estão com a moral mais baixa desde 1989, quando a pesquisa foi feita pela primeira vez. A BCC fala em uma "derrubada" da moral dos empregadores.

A Câmara do Comércio pede ao BoE, cujo comitê de política monetária se reúne na próxima quarta e quinta-feira, uma redução em meio ponto percentual da taxa de juros (que atualmente é de 5%), e, ao governo, uma diminuição da carga tributária sobre as empresas.

Neste momento, a maioria dos economistas aposta em uma redução de um quarto de ponto na taxa de juros, embora vários considerem a hipótese de uma queda de meio ponto.

A economia britânica ficou estagnada durante o segundo trimestre, e os economistas calculam que entrará em recessão no segundo semestre.

As estatísticas oficiais do crescimento do terceiro trimestre serão divulgadas no dia 24 de outubro.

fpo/ap/LR

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG