Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Câmara Baixa americana adia votação de plano de estímulo

Washington, 12 fev (EFE).- A Câmara de Representantes dos Estados Unidos decidiu adiar para amanhã a votação do plano de estímulo econômico pactuado, informou a presidente da Casa, Nancy Pelosi.

EFE |

Alguns legisladores tinham indicado que a votação ocorreria hoje, entre eles o presidente do Comitê de Educação e Trabalho da Câmara, George Miller.

Até o momento, o Senado não decidiu quando acontecerá sua própria votação.

Assim que for aprovada nas duas Câmaras, a medida será apresentada ao presidente Barack Obama, para que ser promulgada, o que o líder indicou que quer fazer antes da segunda-feira.

O projeto de lei atual é resultado do processo de consenso entre as duas Câmaras, que aprovaram duas versões diferentes do plano de estímulo e chegaram a um acordo na quarta-feira para harmonizá-los.

Obama considera o plano imprescindível para tirar o país de sua crise econômica, e assegura que permitirá criar ou evitar a perda de entre três e quatro milhões de postos de trabalho. EFE dt/mh

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG