WASHINGTON (Reuters) - A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos aprovou um pacote de estímulo econômico de 825 bilhões de dólares contendo os gastos emergenciais e cortes de impostos desejados pelo presidente Barack Obama. A medida, que foi aprovada por 244 votos contra 188, será agora debatida no Senado, provavelmente a partir da próxima semana.

Obama comemorou a sua primeira importante vitória legislativa dizendo que a medida injetaria dinheiro na enfraquecida economia dos EUA e acrescentou que espera que a legislação seja fortalecida ao se mover para o Senado.

"O plano vai agora para o Senado, e eu espero que nós possamos continuar a fortalecer esse plano antes que ele chegue à minha mesa", afirmou o presidente em um comunicado.

(Reportagem de Richard Cowan)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.