Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Câmara aprova MPs para setor naval e de imposto do trigo

O plenário da Câmara dos Deputados concluiu no início da tarde de hoje a votação de duas medidas provisórias (MP) que estavam trancando a pauta e perderiam a validade nas próximas semanas se não fossem aprovadas. As duas MPs já passaram pelo Senado e seguem agora para a sanção do presidente da República.

Agência Estado |

Uma das MPs trata do Fundo de Garantia para construção naval e a segunda isenta de impostos a importação e comercialização da farinha de trigo para o pãozinho.

À tarde, haverá nova sessão do plenário. Até lá, os deputados tentam um acordo para votar mais duas medidas provisórias que também estão trancando a pauta: a MP 435 que trata da utilização do superávit financeiro e a MP que trata da tributação de bebidas.

Se houver acordo, os deputados poderão votar as duas MPs ainda hoje. Do contrário, as duas medidas provisórias só deverão ser votadas após as eleições, em outubro. A partir de amanhã, a Câmara entrará em recesso branco para que os deputados se dediquem às campanhas eleitorais.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG