Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Calote tem queda recorde em fevereiro

O índice de inadimplência do consumidor teve queda recorde para o período em fevereiro, em comparação ao mesmo período do ano passado, segundo o indicador da Serasa Experian. A redução foi de 2,2%.

Agência Estado |

Os economistas da empresa associaram a melhora ao crescimento da economia brasileira.

De janeiro a fevereiro, a queda do indicador foi de 3,1%. O recuo foi puxado pela redução de 4,6% na inadimplência de dívidas com cartões de crédito e com financeiras. As devoluções de cheques sem fundos (- 4,2%), as dívidas não honradas com os bancos (-1,4%) e os títulos protestados (-13%) também contribuíram para o movimento.

Segundo os economistas da Serasa Experian, o trabalhador que ficou desempregado durante a crise e recuperou o posto no segundo semestre de 2009 teve cautela ao consumir e contrair dívidas. O retorno das condições de crédito e a renegociação de dívidas deram fôlego ao orçamento doméstico.

Com o cenário econômico mais favorável, criação de empregos e evolução da renda, a perspectiva é de queda no indicador ao longo do primeiro semestre de 2010.

Entre o primeiro bimestre de 2009 e o mesmo período de 2010, o indicador caiu 5,3%, a maior queda nessa relação desde 2000. O início do ano passado foi um dos momentos mais críticos da crise, com inadimplência em alta de 4,5%.

Dívidas

As dívidas com os bancos correspondem à maior parcela da inadimplência do consumidor no País: 48,1%. Em seguida, aparecem os cartões de crédito e financeiras (32,9%), os cheques sem fundos (16,9%) e os títulos protestados (2,1%).

Embora a inadimplência tenha caído, o valor médio das dívidas aumentou. Os cheques sem fundos (R$ 1.193,10 em 2010) tiveram crescimento de 44,9%; os títulos protestados (R$ 1.121,33), de 6,7%; as dívidas com os bancos (R$ 1.396,98), de 1,9%; e as dívidas com cartões de crédito e financeiras (R$ 358,54), de 0,4%.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG