Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Califórnia vota plano orçamentário para controlar déficit alarmante

O governo da Califórnia votou nesta quinta-feira, após uma semana de longas negociações, um ajuste da lei orçamentária destinada a contralar o alarmante déficit orçamentário do estado americano.

AFP |

As negociações começaram no último sabado, no congresso de Sacramento, capital do estado, quando um republicano moderado decidiu votar com os democratas, dando o voto que faltava para adotar o plano, por 27 votos a 12.

Todas as leis sobre orçamento na Califórnia precisam do acordo de dois terços dos parlamentares da câmara local.

O plano, sustentado pelo governador republicano Arnold Schwarzenegger, prevê cortes de gastos no valor de 16 bilhões de dólares, além de um aumento dos impostos em cerca de 14 bilhões e de um empréstimo.

O republicano Abel Maldonado aceitou se somar aos democratas em troca de modificações da lei eleitoral da Califórnia e da anulação de um plano que encareceria em 12 centavos o litro de gasolina.

Altos funcionários do estado haviam previsto que o déficit poderia alcançar 42 bilhões de dólares em 2010, uma hemorragia, causada pela recessão, que engole os recursos do estado sem reduzir seus gastos fixos.

"Ao invés de abordar a situação com artifícios e soluções temporárias, demos passos difíceis mas responsáveis para resgatar nosso orçamento do déficit de 42 bilhões de dólares", afirmou Schwarzenegger.

"Tentarei formar uma assiciação com as pessoas para garantir que estas medidas bipartidárias sejam aprovadas, para pôr fim à esta montanha russa de nosso orçamento", acrescentou.

rcw/sp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG