Tamanho do texto

O crédito imobiliário não para de crescer na Caixa Econômica Federal e as concessões devem superar as metas para 2010

selo

O crédito imobiliário não para de crescer na Caixa Econômica Federal e as concessões devem superar as metas para 2010. Até o dia 24 deste mês, o banco já atingiu a marca de R$ 44 bilhões na carteira de empréstimos do segmento, o que representa um recorde. Por dia, são assinados em média 4 mil contratos e a Caixa tem liberado R$ 270 milhões para a compra de imóveis, material de construção e reformas, afirma a presidente da instituição, Maria Fernanda Ramos Coelho. Com o forte crescimento, a Caixa deve superar as previsões para este ano da expansão do financiamento imobiliário. Para 2010, a meta era chegar a uma carteira de R$ 60 bilhões. "Mas devemos superar este número", diz Maria Fernanda. A carteira de financiamento imobiliário da Caixa cresceu R$ 10 bilhões desde o fechamento do semestre. O banco público terminou o mês de junho com saldo total de R$ 34 bilhões no segmento. "Apesar de sermos os líderes desse mercado, não estamos acomodados. Estamos sempre pensando em novos produtos e estratégias", afirma a presidente do banco. No programa "Minha Casa, Minha Vida", do governo federal, a Caixa superou este mês a marca de 1 milhão de propostas recebidas e 600 mil contratos assinados. Maria Fernanda participa hoje do Fórum Biodiversidade e a Nova Economia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.