Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Caixa: CEF e BB não estão comprando créditos podres

O vice-presidente de Finanças da Caixa Econômica Federal, Márcio Percival, afirmou que, apesar do movimento de compra de carteiras de crédito de pequenos bancos, os bancos públicos não estão abrindo mão da qualidade do crédito que estão adquirindo. Nem a Caixa nem o Banco do Brasil estão internalizando créditos podres, afirmou o executivo.

Agência Estado |

Segundo ele, essas aquisições fazem parte de uma estratégia deflagrada pelo governo de utilizar as instituições públicas como instrumentos da recuperação do crédito no País.

Ele destacou que na situação atual em que há maior controle da sociedade e mais transparência dos bancos públicos, não há o risco de o Brasil voltar a viver situações passadas, em que os bancos públicos quebraram por força de erros nos seus negócios. "Não vamos fazer o que se fez lá atrás e particularmente no caso da Caixa, não se vai repetir exemplos como o do antigo BNH (Banco Nacional de Habitação)", disse Percival.

O vice-presidente informou ainda que, nesse contexto de crise, os clientes bancários tendem a procurar maior segurança como a oferecida pelos bancos públicos e, por esse motivo, a Caixa tem aumentado sua presença no mercado, tendo aumento de depósitos e de clientes. Ele deu como exemplo o fato de o estoque de captação em poupança da Caixa ter atingido, em outubro, o valor recorde de R$ 85 bilhões. Outros exemplos, segundo Percival, são os dados preliminares de outubro, que apontam um crescimento de 2,6% dos depósitos a prazo da Caixa, 6,7% de aumento nas captações em CDBs e de 2,7% nos créditos totais.

Percival informou que o banco público já comprou seis carteiras de crédito de pequenos bancos e desembolsou este ano R$ 1 bilhão. Segundo ele, há o compromisso de compra de novas operações dessas mesmas instituições, ao longo de 2009, de até R$ 4 bilhões. "Isso garante incentivo para que esses bancos continuem emprestando", afirmou o executivo, em entrevista à imprensa, concedida após o último dia do Encontro Regional de Bancos de Poupança da América Latina, organizado pelo Instituto Mundial de Bancos de Poupança.

Ainda segundo Percival, a Caixa está analisando a qualidade de créditos de carteiras de três instituições na área de middle market (crédito para empresas). "Isso está exigindo uma análise de maior profundidade, para não perdermos a nossa característica de conceder crédito com segurança", afirmou Percival.

Ainda na área de aquisição de carteiras, o vice-presidente da Caixa informou que a instituição ainda não comprou nenhum conjunto de operações relacionado a financiamento de automóveis, mas não descartou essa possibilidade.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG