Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Cai a inadimplência nos cartões de crédito

Estudo divulgado ontem pelo banco Itaú mostra que a inadimplência das operações de cartão de crédito recuou três pontos porcentuais entre junho de 2006 e o mesmo mês deste ano, caindo de 7,6% para 4,6%. A empresa afirma que a redução se deve ao aumento de renda dos brasileiros e à queda dos índices de desemprego.

Agência Estado |

A relação entre esses indicadores é bastante simples: como há mais postos de trabalho no mercado e os salários passam por um período de valorização, os trabalhadores têm mais condições de honrar seus compromissos financeiros.

Entre junho de 2006 e o mês de 2008, a taxa de desemprego nacional caiu de 10,4% para 7,8%. Neste mesmo período, a renda média dos brasileiros subiu de R$ 1.146 para R$ 1.212. De acordo com o estudo do Itaú, a redução de 7,6% para 4,6% na inadimplência do cartão de crédito refere-se aos casos de atrasos entre 15 e 90 dias. Enquanto isso, os atrasos superiores a três meses passaram de 10,1% (junho de 2006) para 8,6% (junho deste ano).

A instituição financeira também divulgou que o faturamento do mercado de cartões de crédito subiu de R$ 16,1 bilhões, em janeiro, para R$ 18,4, em julho, segundo apontam dados da Associação Brasileira de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs). O Itaú faz uma projeção de que o setor vai fechar o mês de agosto com uma arrecadação de R$ 19 bilhões.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG