BRASÍLIA - O Brasil teve fechamento de 654,9 mil vagas formais em dezembro do ano passado, o dobro da média para o mês, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados há pouco pelo Ministério do Trabalho. Para efeito de comparação, em dezembro de 2007 as demissões líquidas foram de 319,4 mil.

Em 2006, de 317,49 mil.

Dezembro de 2008 foi o segundo mês seguido de redução no número de vagas formais no país. Por efeito da crise, novembro mostrou corte líquido de 40,82 mil vagas, algo incomum para o mês.

No mês passado, os setores que mais desempregaram foram a indústria de transformação, com 273,2 mil cortes, a agricultura, com 134,5 mil demissões, serviços, que dispensou 117,1 mil trabalhadores, e construção civil, que desligou 82,4 mil funcionários.

O estado de São Paulo liderou as dispensas, com o total de 285,5 mil vagas cortadas, seguido por Minas Gerais, com 88,1 mil, e Paraná, com 49,8 mil.

(Azelma Rodrigues | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.