Os contratos futuros de café arábica atingiram ontem o maior preço desde 19 de outubro na bolsa de Nova York. Os lotes para entrega em março de 2010 terminaram o pregão cotados a 146,60 cents/lb, uma valorização de 3,71% sobre o fechamento de sexta-feira.

A preocupação com a oferta está impulsionando as cotações. Analistas dizem que a queda da produção na Colômbia e em outros países latino-americanos reduz disponibilidade do produto durante o pico da demanda no inverno do Hemisfério Norte.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.