Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Café respondeu por mais da metade das exportações mineiras em 2008

Belo Horizonte, 12 - O café foi responsável por mais da metade das exportações do agronegócio mineiro em 2008, com um total de US$ 3 bilhões, incremento de 17,8% em relação ao ano anterior, segundo informações divulgadas hoje pela Secretaria de Estado da Agricultura, a partir de dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. No total, a receita com exportações no ano passado aumentou 17,7%, em relação ao ano anterior, para US$ 5,8 bilhões.

Agência Estado |

O saldo da balança comercial do agronegócio mineiro em 2008 foi de U$ 5,5 bilhões, incremento de 18,2% em relação ao saldo do ano passado. Os principais produtos importados por Minas Gerais são trigo, madeiras e derivados, algodão, frutas e arroz.

O volume de produtos do agronegócio exportado por Minas Gerais também bateu recorde, porém o crescimento foi bem menor. Em 2008, foram embarcados 4,91 milhões de toneladas. Uma alta de apenas 0,13% em relação a 2007.

As vendas de carne somaram US$ 649 milhões, com um crescimento de 4,7% em relação a 2007, puxado pela comercialização de carne suína que aumentou 58%, para US$ 64,9 milhões. O valor dos embarques de carne de aves chegou a US$ 196 milhões, com alta de 22%. Já as vendas de carne bovina caíram 14% e somaram US$ 286 milhões.

No complexo soja (grão, farelo e óleo), o crescimento foi de 31,7%, para US$ 271 milhões. Os embarques da soja em grão foram os principais responsáveis pela alta, com um total de US$ 178 milhões, incremento de 67,6% em relação a 2007. No segmento de lácteos, as exportações de leite em pó somaram US$ 252 milhões, graças aos bons preços no mercado internacional registrados no primeiro semestre. O crescimento foi de 117,7% em relação a 2007.

As vendas de madeiras e derivados somaram US$ 633 milhões, com um crescimento de 8% em relação a 2007.

A comercialização internacional de açúcar por Minas Gerais subiu 4% e somou US$ 350 milhões. As vendas de álcool também cresceram 16,3% em 2008, na comparação com 2007, para US$ 137 milhões.

Valor Comercializado

De acordo com as informações da secretaria, em dezembro do ano passado, as vendas do agronegócio mineiro foram 23,7% maiores em relação a dezembro de 2007, apesar da crise financeira mundial. O valor comercializado no último mês do ano passado foi de US$ 507 milhões. Os produtos que mais contribuíram para a alta foram: café (28,5%), complexo soja (79,6%), produtos lácteos (57,5%), carne bovina (18,1%), açúcar (23,9%) e álcool (4.000 %). Já os produtos que apresentaram queda no valor das vendas na comparação entre dezembro de 2008 e dezembro de 2007 foram: carne suína (-50,9%), aves (-18,2%), algodão (-46,5%) e madeiras e derivados (-21,3%).

Em volume embarcado, o crescimento foi 29,5% na comparação com dezembro de 2007. Destaque para o crescimento de 55% da vendas de carne bovina, 3.100% de álcool e de mais de 5.000% nos embarques de soja em grão. No caso destes dois últimos produtos, a base de comparação (dezembro de 2007) ficou prejudicada em função do baixo volume movimentado naquele período.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG