Tamanho do texto

Brasília, 28 - Produtores de soja têm até 15 de dezembro para cadastrar as áreas de cultivo no endereço eletrônico da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro): www.iagro.

ms.gov.br. As informações, que serão armazenadas em um banco de dados, orientarão as atividades de defesa vegetal e poderão servir de alertar para os produtores sobre possíveis focos de ferrugem asiática nas imediações das propriedades. As informações são da assessoria de imprensa da Federação da Agricultura e Pecuária do Mato Grosso do Sul (Famasul).

O vazio sanitário é uma estratégia de manejo que busca a redução da presença do fungo que causa a ferrugem asiática, o Phakopsora pachyrhizi, que é disseminado pelo vento. Para evitar que o fungo se alastre, o plantio de soja é proibido no Mato Grosso do Sul entre 1º de julho a 1º de outubro. Quem descumprir a determinação pode ser multado. Em 2007, 8.921 áreas utilizadas para a soja foram cadastradas, o que corresponde a cerca de 70% do total.