Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Cacciola diz que errou ao ir para Mônaco

Em rápida entrevista concedida há pouco na sede da Superintendência Regional da Polícia Federal no Rio, o ex-banqueiro Salvatore Cacciola disse que errou ao viajar para Mônaco. Errei, disse ele quando indagado se considerava uma falha ter deixado a Itália e viajado para a França.

Agência Estado |

 

Ao contrário do que havia declarado esta manhã seu advogado, Carlos Eluf, Cacciola afirmou não saber se houve conotação política em sua prisão. Cacciola deu a entrevista ao lado de delegados.

Cacciola chegou ao aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, por volta de 4h30 desta manhã. Ele foi direto à sala da Polícia Federal do terminal e de lá à Superintendência da PF. Após prestar depoimento, será levado à Justiça Federal no Rio.

O ex-banqueiro ficou oito anos foragido da Justiça brasileira, acusado de causar um prejuízo de R$ 1,6 bilhão ao Banco Central quando era dono do Banco Marka.

Leia mais sobre Salvatore Cacciola

Leia tudo sobre: cacciola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG