O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, prometeu hoje que a rejeição do pacote de US$ 700 bilhões contra a crise financeira ontem na Câmara de Representantes não vai pôr fim à diretriz de seu governo de propor um plano de resgate.

Bush disse também que a aprovação de um projeto é urgentemente necessária para evitar conseqüências horríveis para a economia americana.

"Estamos diante da escolha entre a ação e a perspectiva real de dificuldades econômicas para milhões de americanos", disse Bush, na Casa Branca.

Ele afirmou que seu governo continuará trabalhando com membros dos dois partidos no Capitólio. Haverá inclusive encontros hoje para discutir como a legislação pode avançar quando os parlamentares voltarem ao trabalho amanhã. "Para a segurança financeira da cada americano, o Congresso precisa agir", disse Bush. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.