Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bush promete rapidez sobre ajuda às montadoras

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, disse nesta quarta-feira que sua administração anunciará relativamente rápido a decisão sobre a ajuda federal às montadoras americanas ameaçadas de quebrar.

AFP |

"Refleti sobre todos os aspectos, vocês sabem. É preciso que isso seja acertado relativamente rápido", disse Bush, em entrevista à rede FOX News, segundo trecho antecipado pela emissora.

"Eu examino todas as opções", repetiu Bush, referindo-se à maneira como seu governo poderá ajudar as montadoras.

Ele voltou a dizer que dois "princípios" guiarão sua decisão: impedir que uma quebra fora de controle dos fabricantes de automóveis cause "muitos estragos na economia, além do que nós assistimos nesse momento"; e não gastar dinheiro público "a fundo perdido", ajudando empresas incapazes de recuperar sua competitividade em longo prazo.

A General Motors e a Chrysler, vítimas da crise econômica e de seus erros estratégicos, não poderiam honrar seus compromissos já dentro de algumas semanas.

A Ford, igualmente atingida, parece ter fôlego para resistir um pouco mais.

Depois do fracasso de um plano de resgate negociado com o Congresso, o governo Bush garantiu que não deixará as montadoras sucumbirem a uma "falência fora de controle", que teria efeito devastador sobre uma economia em situação já delicada.

lal/tt/LR

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG