SÃO PAULO - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, suspendeu a proibição federal à exploração de petróleo em alto mar. Ainda permanece outra proibição, imposta pelo Congresso, mas Bush espera que sua decisão motive os parlamentares a também liberar a atividade. No entender do presidente, a extração de petróleo na plataforma continental americana vai conter a escalada das cotações do óleo no mercado mundial.

O republicano Bush criticou o Congresso, cuja maioria é dos democratas, dizendo que a instituição não se mexeu para impedir o contínuo aumento do preço da gasolina nas bombas. A única coisa entre o povo americano e esses vastos recursos de petróleo é a ação do Congresso americano, afirmou o presidente, que se aproxima do fim do mandato e sofre crescentes pressões por medidas que diminuam os reajustes dos combustíveis.

A maioria democrata do Congresso e muitos governadores, porém, são contra a liberação. Argumentam que novas perfurações em alto mar demorariam muito para começar e não teriam efeitos de curto prazo sobre a oferta de petróleo. Além de causar riscos ambientais, as operações poderiam afetar as praias e prejudicar o turismo dos estados costeiros.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.