Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bush pedirá ao Congresso segunda metade do plano de resgate em nome de Obama

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, anunciou nesta segunda-feira que pedirá ao Congresso que avalie a liberação da segunda metade do plano Paulson de resgate financeiro, avaliado em US$ 700 bilhões. O pedido veio de seu sucessor na Casa Branca, o democrata Barack Obama. Bush atendeu ao pedido do presidente eleito, indicou a porta-voz da Casa Branca Dana Perino em um comunicado.

Redação com agências internacionais |

 

O plano, proposto pelo atual secretário do Tesouro, Henry Paulson, começou a ser executado após a crise financeira que começou em 2008. "Eu disse a ele que se ele acha que os US$ 350 bilhões são necessários, eu os pedirei ainda durante minha gestão", afirmou Bush durante uma entrevista coletiva.

Obama pediu a Bush que avisasse o Congresso um pedido formal para liberação da segunda metade do fundo de resgate do sistema financeiro americano. O presidente eleito espera conseguir utilizar os recursos o mais rápido possível.

O plano, proposto pelo atual secretário do Tesouro, Henry Paulson, começou a ser executado após os primeiros efeitos da crise financeira na economia norte-americana.

Leia tudo sobre: bush

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG