SÃO PAULO - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, sugeriu ontem que os americanos estão com um sentimento mais positivo sobre o futuro da economia.

Em reunião com líderes de negócios na Louisiana, o dirigente notou que o comportamento da população passou de "quase pânico" para uma posição "mais relaxada".

"Tenho notícia de que a atitude dos americano começou a mudar, de intensas preocupações - poderia chamar de quase pânico - para uma abordagem mais relaxada", observou.

Ele creditou essa mudança aos primeiros efeitos das iniciativas para destravar o crédito e impulsionar o sistema bancário. Avisou, no entanto, que há um longo caminho pela frente.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.