Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bush mostra confiança na economia e Paulson tenta acalmar mercado

SÃO PAULO - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, manifestou nesta segunda-feira, um dia turbulento nos mercados acionários internacionais, confiança de que a economia americana pode absorver a crise financeira que levou ao colapso o banco de investimentos Lehman Brothers e à compra do Merrill Lynch pelo Bank of America (BofA).

Valor Online |

"No curto prazo, ajustes nos mercados financeiros podem ser dolorosos para aqueles preocupados com seus investimentos e para os funcionários das empresas afetadas", sustentou Bush. "No longo prazo, estou confiante de que nossos mercados de capitais são flexíveis e resistentes e que podem lidar com esses ajustes", completou.

O secretário do Tesouro americano, Henry Paulson, também tentou acalmar os investidores após o pedido de proteção contra credores feito pelo Lehman Brothers e o BofA ter acertado a compra do Merrill em transação da ordem de US$ 50 bilhões. Nas palavras dele, os americanos devem continuar confiantes no sistema financeiro dos Estados Unidos.

"Estamos lidando com um período difícil em nossos mercados financeiros enquanto pagamos alguns dos excessos do passado, mas o povo americano pode manter-se confiante na solidez e resistência de nosso sistema financeiro", frisou.

"(Valor Online, com agências internacionais)"

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG