Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bush: crise vai atingir planos de aposentadoria nos EUA

A crise de crédito vai afetar o valor dos planos de aposentadoria 401(k), admitiu o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, dias antes de os participantes desses planos receberem seus extratos referentes ao terceiro trimestre.

Agência Estado |

Os planos 401(k) têm vantagens fiscais e são o instrumento mais usado nos EUA para fazer poupança para aposentadoria. Cerca de US$ 3 trilhões estão investidos nesses planos, a maior parte dos quais aplicados em fundos de investimento que acompanham o mercado de ações.

"No longo prazo, eles (os planos de previdência) estarão bem", disse Bush em visita a uma fábrica de móveis para escritório em Chantilly, na Virginia. "No curto prazo, eles serão afetados". Bush respondeu a perguntas depois de um breve discurso sobre economia e sobre a resposta de seu governo às turbulências nos mercados financeiros. "Não há dúvidas de que no curto prazo o valor dos (planos) 401(k), se você tiver (optado por investir em) ações, vai cair", disse o presidente.

Após o forte declínio do valor das ações no mercado americano na segunda-feira, Bush reconheceu que os trabalhadores estão preocupados com os danos sofridos pela economia dos EUA, mas ele disse que acredita que o plano de socorro ao mercado financeiro irá ajudar a estimular uma recuperação. "Nós vamos superar isso", disse Bush. "Não há dúvida de que os tempos são duros, mas não há dúvida de que a América irá emergir (da crise)". As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG