O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, confirmou hoje que o governo americano irá adquirir ações de instituições financeiras, garantir novos títulos de dívida emitidos pelos bancos e expandir as garantias para contas não remuneradas por juro.

Bush classificou a ação de sua administração de "sem precedentes e agressivas".

Durante um breve discurso no Jardim das Rosas, Bush afirmou que as novas medidas "não têm intenção de tomar o controle dos mercados livres, mas de preservá-los".

"Temos uma estratégia que é ampla, flexível e destinada à raiz de nosso problema", afirmou o presidente americano. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.