Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bush condiciona ajuda a montadoras a votação do TLC com Colômbia

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, condicionou seu apoio a uma ajuda financeira ao setor automobilístico à aprovação pelo Partido Democrata do Tratado de Livre Comércio (TLC) com a Colômbia, informa nesta terça-feira o jornal The New York Times.

AFP |

Ontem, Bush recebeu pela primeira vez o presidente eleito, Barack Obama, na Casa Branca, onde ficaram reunidos por duas horas.

No encontro, Obama, que vai assumir a presidência em janeiro, pediu a Bush que conceda uma ajuda rápida ao setor automobilístico americano, em graves dificuldades financeiras, segundo o NYT.

"Bush indicou que poderia dar seu apoio a uma ajuda e a um plano de retomada econômica mais amplo se Obama e os congressistas democratas aprovarem o acordo de livre comércio com a Colômbia", afirma o jornal americano, que cita fontes ligadas ao encontro.

Mas nem Obama nem os democratas no Congresso parecem estar dispostos a aprovar este acordo com a Colômbia, acrescentou o jornal.

O governo de Bush tem se mostrado reticente a autorizar o acesso dos fabricantes de automóveis a um plano de resgate financeiro para o setor.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG