Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bulevar da Vila Madalena deve ficar pronto em dezembro

Em plena lei seca e a menos de três meses das eleições municipais, o prefeito Gilberto Kassab (DEM) assina, na próxima terça-feira, parceria com uma cervejaria para revitalizar um dos bairros mais famosos da cidade, a boêmia Vila Madalena, na zona oeste de São Paulo. Batizado de Bulevar Vila Madalena, o projeto custará R$ 3 milhões.

Agência Estado |

Cerca de 80% do valor será bancado pela marca de cerveja Bohemia, da AmBev, e o restante, pela Prefeitura. De acordo com a empresa, os recursos são próprios da AmBev, que não receberá isenção fiscal. A parceria será assinada na semana que vem, em cerimônia com o prefeito, candidato à reeleição, e integrantes da empresa.

O projeto prevê a reforma de ruas e a mudança no fluxo do trânsito em duas das principais vias do bairro: Aspicuelta e Wisard, no trecho compreendido entre as Ruas Mourato Coelho e Harmonia. As mudanças foram decididas após estudo técnico da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e acontecerão em até 30 dias depois da assinatura da parceria. Esse é o tempo necessário para trocar placas e fazer sinalizações. A Aspicuelta só descerá - no sentido Simão Alvares -, e a Wisard subirá - no sentido Harmonia.

As mudanças acontecem dentro do quadrilátero formado pelas Ruas Wisard, Harmonia, Aspicuelta e Mourato Coelho. A largura das calçadas vai ser ampliada de 3 metros para 4,75 metros. Esse aumento começa 10 metros antes dos cruzamentos. Serão plantadas 48 árvores e instalados 27 bancos, 25 lixeiras, 20 floreiras, 40 postes, 12 bicicletários, 4 pontos de táxi e 76 balizadores de calçada.

Anunciada em novembro de 2007 e orçada inicialmente em R$ 1,2 milhão, a obra ficará pronta em dezembro. "O projeto é antigo, mas só foi viabilizado agora. Não tem a ver com eleições. Se fosse assim, não teríamos mudado a Rua Oscar Freire, que também foi reformulada em parceria com a iniciativa privada", disse o secretário das Subprefeituras, Andrea Matarazzo. "Com a mudança, a cidade ganha um ponto turístico", completa.

Logomarca

A obra foi inspirada na reforma da Oscar Freire e no projeto da Rua Avanhandava, no centro. Na Vila Madalena, totens e lixeiras, por exemplo, terão a logomarca da Bohemia. "Mas dentro dos padrões do Cidade Limpa", garante o subprefeito de Pinheiros, Nilton Nachle.

O projeto de requalificação urbana foi desenvolvido pelo URB2 Arquitetos, e o de mobiliário urbano, pela GTM. As propostas foram aprovadas em conjunto pela Bohemia e pela Prefeitura de São Paulo.

Uma das críticas ao projeto é justamente a situação do trânsito na região, que, com o alargamento das calçadas, poderá ficar ainda pior. "O trânsito no bairro à noite já é problemático. Calçada sempre é bom, mas temo que as ruas fiquem mais congestionadas", declarou Percival Maricato, presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes e morador da Vila Madalena. Arnaldo Altman, dono de três bares da região e diretor da Associação de Gastronomia, Arte e Cultura da Vila Madalena, aprova o projeto. "Com a mão única, os ônibus não causarão mais congestionamentos", declarou Altman.

Está prevista também a padronização do mobiliário urbano de acordo com a Lei Cidade Limpa. Ele será posicionado de maneira que não interferirá na travessia dos pedestres. É aí que entrará também o logo da patrocinadora, a marca de cerveja Bohemia.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG