O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, lançou-se contra o protecionismo que, segundo ele, adiaria a reativação econômica, depois de uma reunião nesta segunda-feira em Londres com o presidente francês Nicolas Sarkozy e o presidente da Comissão Européia, Manuel Barroso.

"Concordamos em que o protecionismo contribuiria para adiar a reativação econômica", afirmou o chefe de Governo britânico, em entrevista à imprensa em seguida ao encontro em Downing Street dos três líderes, para examinar respostas para a crise financeira.

ame/hov/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.