T vai cortar 12 mil empregos, 4% da força de trabalho - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Brown pedirá aos bancos que repassem corte dos juros aos clientes

Londres, 5 dez (EFE).- O primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, afirmou hoje que pedirá aos bancos que repassem aos clientes com hipotecas o corte das taxa básica de juros definida pelo Banco da Inglaterra (autoridade monetária), que a colocou em 2%.

EFE |

"Acho que os bancos deveriam passar o corte da taxa de juros.

Estamos falando com os bancos. É preciso lembrar que a última vez que houve um corte (em outubro), tivemos que falar com eles antes que fossem repassados (aos clientes), e vamos falar com eles outra vez", disse Brown à rede "GMTV".

São muito poucas as entidades de crédito hipotecário que afirmaram que baixarão os juros a seus clientes.

O chefe do Governo disse que a queda determinada ontem, de 1 ponto, era necessária para reativar a economia.

Acrescentou que a situação econômica melhorará quando "tivermos o nível de cooperação internacional que precisamos. Este é um problema global e necessitamos de medidas de outros países também, e é isso que vou enfatizar na segunda-feira".

Brown se referiu à reunião prevista para a próxima segunda-feira, em Londres, entre representantes da União Européia (UE) e empresários europeus, para analisar a crise econômica.

A convite do primeiro-ministro do Reino Unido, participarão deste encontro o presidente da Comissão Européia (CE, órgão executivo da UE), José Manuel Barroso; o presidente francês e do Conselho Europeu, Nicolas Sarkozy, e vários empresários.

O Comitê de Política Monetária do Banco da Inglaterra reduziu ontem em 1 ponto a taxa de juros e a deixou em 2%, o nível mais baixo desde 1951.

Em uma tentativa de reativar a economia, é o terceiro corte consecutivo da taxa de juros, que há apenas dois meses estavam em 5%. EFE vg/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG