Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Brown critica países por não considerar suas propostas de vigilância financeira

O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, disse neste domingo que se sente decepcionado com a comunidade internacional, que não escutou antes suas propostas para um sistema mundial de vigilância do setor financeiro.

AFP |

"O que me deixa com raiva neste momento é que as propostas que fazemos há anos, e que nos permitiriam administrar a situação, ainda não foram colocadas em prática", declarou Brown à rede de televisão BBC Escócia.

"Poderíamos nos ocupar de certos problemas se soubéssemos o que acontecia no mercado de subprime (créditos de risco) nos Estados Unidos, mas não tínhamos nenhum sistema de alerta internacional", estimou Brown.

"Mas, apesar de querermos estas mudanças, outros países não queriam", criticou.

"Estou quase certo de que, com tudo que as pessoas estão comprovando agora, as propostas britânicas serão examinadas", acrescentou o premier.

Ao injetar capital maciçamente em três dos maiores bancos britânicos - HBOS, Royal Bank of Scotland e Lloyds TSB -, favorecer o aumento da liquidez no sistema financeiro e oferecer garantias aos empréstimos entre bancos, Gordon Brown foi o inspirador dos planos europeus e americano de resgate bancário anunciados nas últimas semanas.

elm/ap

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG