Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Brown: Apenas com medidas internacionais coordenadas pode-se vencer a crise

Davos (Suíça), 30 jan (EFE).- Apenas medidas coordenadas internacionalmente podem dar resultado nas tentativas realizadas pelos Governos para combater a crise financeira e econômica, afirmou hoje o primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown.

EFE |

Ele disse que a etapa de reflexões passou e que agora "é o momento de atuar, mas não com medidas nacionais, mas de forma conjunta".

Além disso, defendeu as medidas que seu Governo - assim como grande parte dos países industrializados - adotou para resgatar o sistema bancário e, mais recentemente, para estimular a circulação de crédito e a economia em geral, após ser confirmado que o Reino Unido - da mesma forma que as principais economias da Europa, os Estados Unidos e o Japão - está em recessão.

Em entrevista coletiva na qual esteve acompanhado pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, Brown explicou que esta situação requer um "ativismo fiscal", que se justifica duplamente pelas diminuições das taxas de juros e de inflação.

Ele também alertou que esta crise pode levar a "uma nova forma de protecionismo e a uma desglobalização".

Afirmou que este fenômeno acontecerá caso não sejam adotadas medidas imediatas de alcance internacional e disse que um retrocesso na globalização "teria graves implicações para a prosperidade em todas as partes do mundo". EFE is/fal

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG