SÃO PAULO - O banco britânico Northern Rock perdeu 592,2 milhões de libras (US$ 1,2 bilhão) nos seis primeiros meses do ano. O resultado foi pior do que o esperado e contrasta com o resultado verificado em mesmo período de 2007, quando ganhou 188,2 milhões de libras. Antes de impostos, o prejuízo correspondeu a 585,4 milhões de libras. No semestre inicial do calendário passado, teve lucro de 296,1 milhões de libras.

A instituição, que foi nacionalizada este ano pelo governo britânico, atribuiu grande parte de seu prejuízo à inadimplência em hipotecas. Ao mesmo tempo, informou que conseguiu honrar parte de sua dívida com o Banco da Inglaterra, que foi de 26,9 bilhões de libras para 17,5 bilhões de libras.

Vale recordar que o Northern Rock foi socorrido em setembro do ano passado pela autoridade monetária britânica em razão da falta de liquidez no mercado interbancário.

O governo britânico, que se viu obrigado a garantir os depósitos do banco para acalmar os clientes, decidiu nacionalizar o Northern Rock em fevereiro de 2008 depois de não encontrar um comprador adequado no setor privado.

O ambiente externo deteriorou-se e as conseqüências disso para o Northern Rock são perdas maiores de crédito, comentou o presidente da entidade, Ron Sandler. Ele avisou que deve vir mais perdas à frente, mas se mostrou confiante de que o banco apresentará recuperação e voltará ao setor privado.

O banco deve receber uma injeção de 3,4 bilhões de libras do governo com a conversão de títulos da dívida em circulação e ações preferenciais em ações ordinárias.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.