Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BRICs devem ver crise como oportunidade, avalia presidente Lula

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quarta-feira que essa crise é uma oportunidade para os países em desenvolvimento. Ele referiu-se especialmente aos integrantes do BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China).

Agência Estado |

Lula espera que esses países possam ver a crise como oportunidade "e que nosso povo possa sair muito mais forte". Lula citou que a primeira cúpula dos países BRICs será realizada na Rússia no ano que vem e que a parceria entre eles pode ser expandida.

Em declaração por ocasião da visita do presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, Lula comentou que os países em desenvolvimento já respondem hoje por mais de 60% do crescimento da economia mundial e disse esperar que eles "não permitam que a crise prejudique o crescimento e a geração de empregos".

Lula lembrou que Brasil e Rússia defendem mecanismos de regulação transparente em relação à economia e querem evitar atitudes protecionistas no comércio, com a conclusão da Rodada Doha ainda este ano. Ele ainda citou o apoio brasileiro à entrada da Rússia na Organização Mundial do Comércio (OMC) e agradeceu o apoio dos russos ao pleito brasileiro de ocupar um assento permanente no Conselho de Segurança da ONU, assim como de reformar urgentemente as Nações Unidas.

O presidente disse ainda que a Rússia poderia fornecer equipamentos para as novas usinas hidrelétricas que estão sendo construídas no Brasil. Ele saudou a instalação de um escritório da empresa russa de energia Gazprom no Brasil. Lula destacou ainda a cooperação científica e espacial entre os dois países. Brasil e Rússia firmaram uma série de acordos esta manhã no Itamaraty, no Rio, inclusive um que retira a necessidade de vistos para visitas de até 90 dias em ambos os países.

Leia tudo sobre: briscs

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG